Jardins

Estilo, cultura e sofisticação

Os Jardins já foi uma área inabitada e formada por pântanos. A partir de 1913 a área começou a mudar após Barry Parker, arquiteto e urbanista inglês disseminar o conceito de garden city (cidade jardim). Nesse período as primeiras casas foram construídas seguindo o conceito de Parker, e é por esse motivo que o bairro leva o nome de Jardins. 

Hoje a região possui um dos maiores IDHs da cidade, formada por 5 bairros, faz parte da zona oeste e é administrada pela Subprefeitura de Pinheiros. Nessa área estão localizadas algumas das principais vias da capital paulista como: Avenida Brigadeiro Luís Antônio, Avenida Faria Lima, Avenida Rebouças, Avenida Nove de Julho, Avenida Europa, Avenida Brasil e Avenida Paulista.

O comércio é efervescente e badalado, especialmente nas ruas Oscar Freire e Augusta. A primeira é conhecida por lojas luxuosas e renomadas no país todo. Já a segunda é perfeita para quem procura itens de vestuário e decoração descolados e personalizados.

Alucci Alucci, Amadeus, Chef Rouge, Myk entre outros, são algumas das opções gastronômicas que o bairro oferece, além de bares e lanchonetes.

Recortado por ciclofaixas, o bairro possui em seu entorno importantes locais da cidade como o MIS (Museu da Imagem e do Som), MCB (Museu da Casa Brasileira), o Masp, na Paulista, Museu Afro, Museu de Arte Moderna de São Paulo (MASP) e Museu de Arte Contemporânea, no Parque Ibirapuera.

Imagens do Bairro

Empreendimentos
O seu Kaslik está aqui